Como economizar no financiamento de um imóvel? Confira 4 dicas!

Fique por dentro do nosso conteúdo e receba tudo o que você precisa saber sobre loteamentos, desde investimento a construção

Comprar um imóvel é o sonho da maioria dos brasileiros que vivem de aluguel. A estabilidade e a segurança em conquistar sua própria casa faz com que muita gente passe anos economizando para, enfim, pegar as chaves de uma propriedade.

Para isso, uma das alternativas mais procuradas é o financiamento de imóvel, que parcela boa parte do valor — que, convenhamos, é bastante alto! O que muita gente não sabe é que é possível economizar no financiamento.

Se você planeja comprar um imóvel por meio de financiamento e quer saber como fazer para poupar, este post foi feito para você. Confira, abaixo, 4 dicas incríveis para fazer sua casa própria caber no seu bolso!

1. Pague o financiamento com mais frequência

Sim, isso é possível. Embora o financiamento de um imóvel preveja parcelas mensais, é possível você aumentar essa frequência. Adicionar um pagamento mensal, semestral ou até anual pode ajudar você a economizar muito com os valores embutidos nas taxas de juros.

Claro que não é fácil pagar mais do que doze parcelas ao ano. Ainda assim, algumas medidas podem ser tomadas para que você atinja seu objetivo. Você pode utilizar valores de aumento, abono salarial, décimo terceiro, bônus ofertados pelas empresas e até das suas férias. Outra dica para pagamento anual é poupar o valor da restituição do imposto de renda.

2. Tenha cautela no uso do cartão de crédito

Os cartões de créditos são grandes motivos para as dívidas dos brasileiros. Isso porque, quando não é possível pagar a fatura integral, muitos acabam realizando o pagamento mínimo ou atrasando o boleto, o que consome grandes quantias em juros.

O cartão de crédito é uma tentação, não podemos negar. Para tê-lo, é preciso de disciplina e evitar gastos supérfluos. Uma dica é colocar o pagamento no débito automático ou diminuir o valor do seu limite, basta conversar com o seu gerente.

É importante, também, evitar parcelar as faturas, ou você vai pagar muito mais do que deveria. Economizar nesses gastos pode ajudar você nos pagamentos mais frequentes e, consequentemente, a diminuir os juros do valor total do imóvel.

3. Não tenha contas em diferentes bancos

Manter contas em instituições diferentes faz com que você tenha que arcar com taxas obrigatórias para mantê-las em atividade. Procure olhar com atenção seus extratos bancários e veja quanto você pode economizar com isso.

Procure ter conta no banco onde você fez ou pretende fazer o financiamento. Em geral, as instituições podem dar vantagens aos correntistas, principalmente àqueles com bastante tempo de casa. Esses benefícios podem ser vários, como menor taxa de juros ou menor valor obrigatório como entrada, por exemplo.

4. Verifique a possibilidade de aumentar o valor das parcelas

Outra dica para economizar no financiamento de um imóvel é aumentar o valor das parcelas. Isso diminui o tempo de financiamento e também o custo total do imóvel.

Procure limitar os happy hours a menos dias por mês e prefira almoçar em casa aos domingos. Também verifique se é possível deixar o carro na garagem durante a semana e optar pelo ônibus ou pela carona compartilhada. Assim, você economiza com gasolina e estacionamento e, de quebra, ainda contribui com o planeta.

Se você tem filhos, opte por programas gratuitos de lazer, como ida a parques e piqueniques, que consomem menos do que idas ao shopping e ao cinema.

O que vale mesmo é detalhar suas receitas e seus gastos e ver para onde o dinheiro está indo sem necessidade.

Viu como é possível economizar no financiamento da sua casa própria? Para ajudar na empreitada, não deixe de ler sempre e procurar entender como funciona o mercado imobiliário. Aproveite para seguir nossa página no Facebook e ler conteúdos exclusivos sobre o assunto!

Como escolher o seu lote?

Como escolher o seu lote?

baixe agora

Equipe IMG

materiais

Baixe agora os materiais educativos da IMG
Fique por dentro do nosso conteúdo e receba tudo o que você precisa saber sobre loteamentos, desde investimento a construção