9 dicas para fazer mudança sem estresse

Fique por dentro do nosso conteúdo e receba tudo o que você precisa saber sobre loteamentos, desde investimento a construção

Mudar para uma nova casa pode ser um momento muito chato e complicado, pois é um processo lento e bastante trabalhoso. Se você não fizer um bom planejamento e deixar para resolver tudo em cima da hora, vai passar muita raiva na hora de arrumar o que precisa ser levado para sua nova residência. Mas, com um boa organização e um dose de paciência, você consegue fazer sua mudança sem estresse.

Como? Basta fazer um bom planejamento, ter bastante organização e empenho, que as dores de cabeça serão bem menores. Além de procurar por profissionais qualificados para ajudar nessa tarefa, você deve fazer um agendamento prévio do dia e horário da mudança, embalar corretamente os pertences e evitar de tomar decisões em cima da hora.

Quer outras dicas de como fazer sua mudança sem estresse? Então confira nossas dicas!

1. Envolva toda a família na mudança

Para fazer uma mudança bem-sucedida, você deve envolver toda a família no processo. Não tente resolver tudo sozinho, senão vai ficar mais estressado do que imagina. Então, chame todos para uma conversa e delegue funções para cada um.

O ideal é que cada membro da casa fique responsável por uma tarefa. Por exemplo: um organiza os brinquedos, outro os livros, outro contrata a transportadora, outro fica encarregado dos objetos frágeis e assim por diante.

2. Contrate profissionais qualificados para a mudança

Para mudar para sua nova casa, você vai precisar de uma transportadora para carregar móveis, eletrodomésticos e os itens de sua casa. Embora haja muitos profissionais informais que prestem esse serviço, é bom que você contrate uma empresa séria e sólida no mercado.

Dessa forma, você evita maiores transtornos como atrasos no horário marcado para a mudança ou riscos de quebrar algum objeto frágil que tenha um valor alto.

3. Identifique todas as caixas

É normal que na hora de fazer mudança de uma casa para outra seja necessário colocar tudo em caixas de papelão. É nesse momento que muitas pessoas se estressam, pois nunca sabem onde guardaram seus pertences. Mas isso pode ser resolvido de uma forma muito simples: basta identificar todas as caixas.

Você pode nomeá-las com o nome dos itens que estão lá dentro ou com o nome do proprietário dos pertences. Por exemplo: Copos, DVD’s, Livros, Roupas André, Roupas Daniela e assim por diante. Fica bem mais simples, não acha?

4. Faça uma lista de tudo que está dentro de cada caixa

Mesmo que suas caixas estejam todas identificadas, você pode nomear todos os objetos dentro delas para facilitar sua vida. Isso porque nem sempre os itens caberão em uma mesma caixa. Por exemplo: se foram necessárias 4 caixas  para guardar as roupas do André, você pode listar o que estava dentro de cada pacote da seguinte maneira: meias, cuecas, camisas, calças.

Nos recipientes de DVD’s você pode fazer uma lista com o nome de cada DVD para saber exatamente em quais caixotes cada exemplar está guardado.

5. Proteja itens frágeis

Os itens frágeis como copos, pratos, lâmpadas, porcelanas, por exemplo, devem ser embalados com bastante cuidado, senão podem se quebrar durante processo de mudança.

O ideal é que eles sejam protegidos com plástico bolha. Além disso, as caixas que conterão esses itens devem ser colocadas em um local seguro, para não danificá-los.

6. Não encha demais as caixas

Caixas cheias demais não fecham e ainda por cima, podem ceder com o excesso de peso. Para que você consiga colocar todos os itens iguais como livros, por exemplo, em um mesmo recipiente, você deve escolher as caixas de acordo com a quantidade daqueles objetos presentes em sua casa.

Livros, cd’s, dvd’s e roupas íntimas podem ser transportados em caixetas pequenas. Já roupas de cama, toalhas, sapatos e roupas precisam de mais espaço, pois são objetos que temos em grande quantidade.

7. Separe itens indispensáveis

Casa nova vida nova! Se você deseja essa filosofia para essa nova etapa de sua vida e de sua família, desapegue de velharias. Faça uma lista de coisas que vocês não usam há bastante tempo e que só estão ocupando espaço. Talvez tenha um livro na estante que nunca foi e nem será lido, roupas e sapatos que não são usados há muito tempo, brinquedos deixados de lado e utensílios domésticos sem muita utilidade.

Veja o que pode ser jogado fora, doado ou vendido e desapegue. Não justifica levar várias coisas para sua nova casa que não terão utilidade, pois só ocuparão espaço e poeira.

8. Organize-se para abrir as caixas de forma inteligente

A organização da casa após fazer mudança também é outra questão que gera bastante estresse. Isso porque são várias caixas para desembalar, muita coisa para organizar e isso gasta um bom tempo. Para que as coisas fiquem mais simples, você pode pedir ao pessoal responsável pela mudança para colocar cada caixa no respectivo local onde os pertences serão guardados.

Os caixotes com objetos de cozinha devem ser colocados na cozinha, com os itens pessoais de cada um, em seu respectivo quarto e assim sucessivamente. Dessa forma, você não precisa ficar carregando peso de um lado para outro e ainda vai abrir somente o que for necessário para o cômodo da casa que estiver organizando.

9. Estabeleça uma meta para organizar a casa nova

Uma das partes mais difíceis já foi feita, pois você e sua família já estão na casa nova. Agora é só desempacotar tudo e curtir seu novo lar. Mas, ainda é preciso colocar tudo no lugar. Para evitar maior estresse, não precisa organizar tudo de uma vez. O ideal é que você vá acomodando as coisas mais necessárias primeiro como guarda-roupa, itens de cozinha, despensa, entre outros.

Você pode fazer isso aos poucos, mas para que o processo não se prolongue muito, estabeleça uma meta. Pense em quanto tempo será necessário para colocar tudo em ordem e crie um cronograma de organização. Cada dia você e sua família organizam uma parte da casa.

Assim, em poucos dias sua casa nova estará com tudo em ordem e vocês vão poder usufruir de seu doce lar com tranquilidade.

Essas foram nossas dicas para você fazer sua mudança sem estresse. Coloque-as em prática e veja como o processo será mais simples e menos cansativo.

Gostou do post de hoje e quer receber outras sobre mudança e mercado imobiliário? Então siga nosso perfil no Facebook  acompanhe as postagens de nosso blog!

Como escolher o seu lote?

Como escolher o seu lote?

baixe agora

Equipe IMG

materiais

Baixe agora os materiais educativos da IMG
Fique por dentro do nosso conteúdo e receba tudo o que você precisa saber sobre loteamentos, desde investimento a construção